Subscrever Newsletter
 
Fundação António Quadros
EDITORIAL, por Mafalda Ferro Imprimir e-mail

Fundação António Quadros - Cultura e Pensamento tem por fim o estudo e a divulgação do Pensamento e da Obra de António Quadros, Fernanda de Castro, António Ferro, Augusto Cunha, Maria Germana Tânger e de quaisquer outras personalidades de mérito.

 

MARIA GERMANA TÂNGER (16/01/1920 – 22/01/2018)

Dedica-se o mês de Janeiro  a Maria Germana Tânger, no mês do centenário do seu nascimento.

É nossa intenção disponibilizar a sua cronologia biográfica no Sítio da Fundação António Quadros, quando terminada, como forma de apoiar o estudo e a divulgação da sua vida e obra.

O trabalho, parcialmente publicado na newsletter de Janeiro, não estando terminado, dá uma ideia da incansável actividade e do talento de Maria Germana em prol do Ensino e da Divulgação da Poesia e da Arte de Dizer e, também, da sua Acção enquanto encenadora, actiz, autora literária, conferencista, realizadora de programas televisivos e radiofónicos, e de espectáculo

 

A FUNDAÇÃO ANTÓNIO QUADROS RECOMENDA:

As seguintes obras literárias, publicadas no último trimestre de 2019, que destacam especialmente António Ferro, António Quadros ou Fernanda de Castro:

 

- A Herança de António Ferro: Museu de Arte Popular, de Alexandre Oliveira;

Histórias do Palácio Foz, de António Xavier;

Passo e Fico como o Universo: Fernando Pessoa – 30 Anos em Bruxelas, de Joaquim Pinto da Silva;

- Leitão de Barros: A biografia roubada, de Joana Leitão de Barros e Ana Mantero;

Sarah Affonso: os dias das pequenas coisas, coordenação de Emília Ferreira;

- Virgínia Victorino: Vida e Obra, de Jorge Pereira de Sampaio

Virgínia Victorino na cena do Tempo, coordenação de Jorge Pereira de Sampaio. 

 

DEDICOU-SE O MÊS DE DEZEMBRO AO ARTISTA PAULO FERREIRA (1911-1999), 20 ANOS DEPOIS DA SUA MORTE.

Não deixe de ler AQUI o excelente e importante artigo de Vasco Rosa publicado na nossa newsletter de Dezembro que assim principia:

 

Mafalda Ferro telefonou-me há poucos dias pedindo-me as linhas que se seguem como forma de assinalar no boletim da Fundação a efeméride dos vinte anos da morte de Paulo Ferreira (Estoril, 23 de Dezembro de 1999), que desgraçadamente está a passar despercebida das instituições e da imprensa. Aceitei de imediato, porque sou dos que considera que importa resistir ao esquecimento, senão mesmo ao subtil apagamento do que foi uma época dourada nas artes plásticas e gráficas do nosso país, quer pela coincidência geracional dum bom lote de artistas de génio, quer pela dinâmica que lhes foi induzida por António Ferro, cujo cargo político como director do SPN nunca obliterou nele o destacado modernista visceral já activo duas décadas antes. O caminho para entender essa época está ainda hoje repleto de obstáculos, alçapões e desvios, criados sem dúvida pela distância temporal  que já desbaratou a oportunidade, e a enorme vantagem, dos depoimentos vívidos , mas sem dúvida também pela ideologia e pela política, que continuam a ter um pre-conceito essencial nesta aproximação histórica. […]

  

LIVRARIA ANTÓNIO QUADROS - PROMOÇÃO DO MÊS:

TÍTULO: Quelques Images de L'Art Populaire Portugais.
TEXTOS E COORDENAÇÃO: António Ferro.

ARRANJO GRÁFICO, CAPA E ILUSTRAÇÕES: Paulo Ferreira.
EDIÇÃO - Lisboa: SPN, 1937. Tipografia: Litografia Nacional-Porto.
OBSERVAÇÕES: Conteúdo em óptimo estado, Capa frontal um pouco gasta principalmente à volta.

PVP até 14 de Janeiro de 2019: 40,00

 

LIVRARIA ARTES E LETRAS, EM ÓBIDOS!

Depois de 30 anos em Lisboa, a Livraria Artes e Letras, inaugurou novas instalações na Vila Óbidos. Luís Almeida Gomes, proprietário e Alma deste emblemático e histórico espaço, trabalha há três décadas ajudando, (in)formando e despertando curiosidades e consciências - para a palavra escrita e para o mundo - através da Leitura, de Encontros, Tertúlias ou Exposições temáticas.

 

Aos «Amigos da Fundação António Quadros»:

Se ainda não o fez, e se puder, por favor, efectue como de costume a transferência relativa ao seu contributo financeiro anual da seguinte forma:

Transferência Bancária identificada para Fundação António Quadros 

NIB: 0010 0000 5227502 0001 18 (BPI); IBAN: PT50 0010 0000 5227 5020 0011 8; BIC/SWIFT: BBPIPTPL

 

Voluntariado na Fundação António Quadros:

Ocupe o seu tempo livre de forma útil e gratificante.

Alimente o espírito e enriqueça os seus conhecimentos.

Multiplique as suas competências.

Venha conversar connosco e conhecer as instalações da Fundação situadas no edifício da Biblioteca Municipal de Rio Maior.

Ligue-nos e marque uma visita: 965552247 | 243 999 310.