Subscrever Newsletter
 
Fundação António Quadros
PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2017 Imprimir e-mail

 

PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2017

 

INTRODUÇÃO

Como é habitual, o Plano de Actividades que hoje se apresenta não é um documento fechado pois o seu conteúdo vai sendo construído no decorrer do ano. Assim, as actividades que aqui se apresentam, constituem uma parcela do que se vai de facto realizar seja por iniciativa da Fundação ou com o seu apoio.

 

COLABORADORES

Em 2017, as actividades da Fundação continuarão a ser realizadas por colaboradores em regime de voluntariado e apoiadas, pontualmente, por estagiários, por particulares e por Instituições.

 

ARQUIVO CORRENTE

A Fundação dará continuidade, em 2017, ao acondicionamento e tratamento do Arquivo Corrente, acções essenciais à boa organização, gestão e registo das actividades da Fundação.

 

ARQUIVO HISTÓRICO

Em 2017, como em anos passados e, também, nos futuros, o tratamento arquivístico do acervo da Fundação, constitui uma das suas principais prioridades; apenas é possível apoiar os investigadores através da disponibilização da documentação, se esta estiver descrita, identificada e correctamente acondicionada.

Além disso, em 2017, continuar-se-á a dar especial incidência à transcrição de documentos para publicação e à digitalização de documentos para consulta, solicitados por investigadores portugueses e estrangeiros.

 

APOIO À INVESTIGAÇÃO

Os investigadores que têm recorrido ao arquivo e à biblioteca da Fundação são principalmente portugueses e brasileiros, na sua maioria doutorandos ou mestrandos, autores ou responsáveis por Instituições e projectos temáticos. O apoio à investigação é um dos mais importantes objectivos da Fundação e é com esse fim em vista que se desenvolvem as restantes actividades associadas à divulgação, disponibilização e tratamento do acervo nomeadamente, a digitalização de documentação, a realização de acções como exposições, colóquios, mesas redondas, publicações, etc…

 

BIBLIOTECA

A Biblioteca reúne mais de 7.300 títulos bem como milhares de periódicos cujo tratamento não está ainda terminado. Este trabalho continuará a ser efectuado em 2017.

 

PROJECTOS A REALIZAR E A APOIAR

Em 2017, a Fundação continuará a colaborar e a apoiar projectos próprios ou de entidades externas, dos quais se pode já mencionar:

 

Propaganda e Turismo no Estado Novo: António Ferro e a revista Panorama (1941-1949)

Apoio à publicação da tese de doutoramento de José Guilherme Victorino.

 

A bem da nação: as representações turísticas no Estado Novo entre 1933 e 1940

Apoio à publicação da tese de doutoramento de Cândida Cadavez.

 

Prémio António Quadros 2017 Fotografia

O Prémio António Quadros, instituído em 2011 pela Fundação António Quadros, atingiu em 2016 a sua 6.ª edição tendo galardoado em 2011, a Filosofia; em 2012, Poesia; em 2013, o Romance; em 2014, a Literatura Infanto-Juvenil; em 2015, Imprensa; em 2016, o Teatro. Em 2017, é nossa intenção premiar uma personalidade que se tenha destacado na área da Fotografia nos últimos três anos.

 

Concurso de Fotografia “Ser Jovem em Rio Maior”

Concurso destinado aos alunos dos últimos anos do Ensino Secundário regular e profissional.

Elaborar Regulamento e realizar exposição com trabalhos finais. Prémios: Sessão Fotográfica oferecida por empresa local. A lançar antes do inicio das férias da Páscoa (5 de Abril), entrega dos originais  depois das férias. Entrega dos Prémios no dia 14 de Julho de 2017. Apresentação de um powerpoint com exibição dos melhores trabalhos durante as festividades do 16.º Aniversário da Biblioteca Municipal, no Cineteatro-casa da cultura de Rio Maior.

 

Estudo sobre a relação intelectual de António Quadros e Ariano Suassuna

A publicar, com Renato Epifânio, na Revista Nova Águia no segundo semestre do ano que inclui informação e imagens disponibilizadas pela Fundação.

 

Apresentação da Fundação António Quadros enquanto espaço de cultura e de Memória de Fernanda de Castro, António Ferro e António Quadros, aos sócios dos ROTÁRIOS. Os Rotários, movimento internacional reconhecido pelas Nações Unidas, com um representante na ONU, dividem-se por clubes. O convite foi dirigido à Fundação pelo Rotary Club de Lisboa Estrela, presidido por Alexandra Costa Artur. A sessão realizar-se-á no HOTEL REAL de cima em Lisboa, em Março de 2017.

 

Plano Editorial da Fundação

Tendo em vista a divulgação do seu espólio, o apoio à investigação e, também, o aumento de receitas, a Fundação continua a preparar algumas obras que

 - Artistas de Ferro. Correspondência;

- Confissão Pública: os diários de António Ferro;

- Portugal, razão e mistério I, II, III;

António Ferro: Autores brasileiros. Correspondência.

António Ferro: Os Primeiros Anos. Correspondência.

 

 

Sítio, Facebook e Newsletter

Grande parte dos investigadores e clientes da livraria tomam conhecimento das actividades, serviços prestados e acervo da Fundação através das suas plataformas de comunicação nomeadamente o Sítio, o facebook e a newsletter (já no número 119), espaços de divulgação e consulta já considerados importantes.

 

Apoio à Câmara Municipal de Rio Maior

A Fundação continuará em 2017 a participar e a colaborar em actividades promovidas pela Câmara Municipal de Rio Maior, nomeadamente através da sua divulgação, na elaboração de exposições, na integração do júri de concursos, na doação de obras literárias, na sua relação com particulares e Instituições culturais e de ensino.

 

Semana da Leitura

A semana da Leitura engloba várias iniciativas, entre as quais se refere Rio Maior Pára para Ler, destinada ao público em geral; Concelhio de Leitura, concurso destinado aos alunos do 2.º ciclo do Ensino Básico do Concelho com a Fundação a integrar o júri.

 

A História do Presépio

Exposição organizada pela Fundação, patente durante o mês de Dezembro até ao Dia de Reis.

 

RECEITAS DA FUNDAÇÃO

Uma das principais preocupações da Fundação continua a ser a sua sustentabilidade financeira que, em 2017, continuará a apoiar-se em algumas acções específicas:

Livraria

A livraria da Fundação constitui uma fonte de rendimento através da venda online de obras literárias, periódicos, postais, cartazes e imagens de documentos e fotografias.

Amigos da Fundação

Grande parte das receitas da Fundação advém das doações de um grupo de “Amigos” que apoia a Fundação através de contributos financeiros, bibliográficos, artísticos, documentais ou, da  prestação de serviços pontuais gratuitos ou do trabalho voluntário.

Espectáculo de Marta Gautier

Espectáculo realizado com o apoio da Câmara Municipal de Rio Maior (cedência gratuita do espaço) em que a receita de bilheteira será dividido entre Marta Gautier e a Fundação António Quadros.

Reembolso de exemplares vendidos pela Leya

Em concordância com ACORDO DE EDIÇÃO elaborado entre a Fundação e a Leya, a Fundação tem direito a 8% da receita obtida pela venda da tiragem de 500 exemplares, se vendidos, de António Ferro. 120 Anos. Actas. Os exemplares vendidos na Fundação foram adquiridos à Leya a preço de autor e esse investimento já foi recuperado com as vendas efectuadas.

Assim sendo e atendendo ao enorme trabalho que a Fundação teve com esta publicação, penso que, além da satisfação e interesse pela publicação efectivada, a Fundação deve receber um maior retorno financeiro. Assim sendo, vamos tentar que a nossa próxima edição seja exclusivamente nossa, bem como o retorno financeiro. Para que isso seja possível, será necessário que o investimento financeiro seja da Fundação.

 26 de Janeiro de 2017