Subscrever Newsletter
 
Fundação António Quadros
Notas Biobliográficas Imprimir e-mail

 Autores 
Notas Biobliográficas
1953 - 1963
1963 - 1973
1973 - 1983
1983 - 1993
1993 - 2009
Outros Cargos

1995

– A Fundação Lusíada promove um colóquio sobre a vida e obra de António Quadros que dá origem a “Sabatina de Estudos da obra de António Quadros e uma contribuição bibliográfica de enorme interesse”.

1996

– A Fundação Lusíada publica “O Novo Argonauta (E a Ilha Firme), de Dalila Pereira da Costa com o seu estudo A Obra Visionária de Dalila Pereira da Costa (publicado pela primeira vez em 1982, no semanário Tempo).

1998

– É inaugurada, no IADE, a Biblioteca António Quadros.

1999

– Mafalda e Rita Ferro publicam a fotobiografia “Retrato de Uma Família”, sobre a vida e obra de António Quadros, Fernanda de Castro e António Ferro.

2006

- Pedro Calafate publica em “Portugal como Problema, século XX – Os Dramas de Alternativa”, o ensaio de António Quadros “Pensar Portugal”.

2007

- No dia 29 de Novembro, é inaugurada, em Cascais, a Rua António Quadros.

- O Centro de Filosofia da Universidade de Letras promove o projecto «A Questão de Deus» no qual Romana Valente Pinho apresenta: Deus na tradição do pensamento português contemporâneo: a contribuição de António Quadros.

- Homenageando Francisco da Cunha Leão no ano do centenário do seu nascimento, a Guimarães Editores publica “Do Homem Português - Ensaios”, inserindo entre outros, dois textos de António Quadros: “Memória de Francisco da Cunha Leão” e “Cunha Leão e o Homem Português.

2008

- Romana Valente Pinho publica António Quadros Pátria Real e Pátria imaginária, no primeiro número da Revista Nova Águia.

2008

– A Família de António Quadros faz a doação do seu espólio documental e da sua biblioteca (descrita por Mafalda Ferro), à Fundação António Quadros.  

2009

– No dia 8 de Janeiro, é reconhecida oficialmente a Fundação António Quadros – Cultura e Pensamento. A Fundação inicia a organização e tratamento do espólio documental de António Quadros.