Subscrever Newsletter
 
Fundação António Quadros
RELATÓRIOS DE CONTAS Imprimir e-mail

RELATÓRIO DAS CONTAS DE 2017 / 2018 / 2019

 

RELATÓRIO DE CONTAS DE 2019

A Fundação realizou os seus projectos quase sem custos, de forma a cumprir o orçamento previsto para 2019.

Face aos donativos financeiros de 24 dos Amigos da Fundação (3.460,00€) e aos proveitos da livraria (758,84€), a Fundação obteve em 2019 receitas no valor total de 4.218,84€.

No prosseguimento das suas actividades, a Fundação realizou no mesmo espaço de tempo, despesas no valor total de 3.497,88€.

 

Proveitos orçamentados 4.400,00- Proveitos alcançados: 4.218,84

Despesas orçamentadas: 3.950,00- Despesas alcançadas: 3.497,88

Resultado alcançado: +720,96€

Conclusão

Desta forma, comprova-se que a Fundação ultrapassou em 2019 os seus objectivos.

 

RELATÓRIO DE CONTAS DE 2018

Em virtude da diminuição dos resultados orçamentados face aos realmente alcançados, a Fundação desenvolveu durante o ano um plano de contenção de despesas de forma a não ultrapassar o orçamento para 2018.

Face aos Donativos financeiros de 29 Amigos da Fundação (4.017,50) e aos proveitos da livraria (993.31€), a Fundação obteve em 2018 receitas no valor total de 5.010,81.

Em contrapartida, a Fundação efectuou, no mesmo espaço de tempo, despesas no valor total de 4.551,28€.

 

Proveitos orçamentados 4.700,00€ - Proveitos alcançados: 5.010,81

Despesas orçamentadas: 3.881,00€ - Despesas alcançadas: 4.551,28€

Resultado alcançado: +459,53€

Conclusão

Tendo a Fundação sido isenta de pagamento do valor (orçamentado) de 1.353€ relativo aos serviços de contabilidade prestados pelo Grupo Your aqui representado por Sara do Ó que, enquanto «Amiga da Fundação», generosamente ofereceu este serviço, queremos explicar porque os resultados de 2018 não foram melhores. Assim, informamos sobre as receitas não recebidas e as despesas efectuadas, verbas não contempladas no orçamento para 2018:

 

- Três Amigos da Fundação não puderam este ano contribuir (360€);

- Foi essencial melhorar a iluminação da Fundação (100€);

- Adquiriram-se 20 medalhas da Fundação para oferta a jurados e outros (240€);

- O tratamento e acondicionamento do espólio de Augusto Cunha doado este ano pelo seu bisneto e avaliado em 16.870€, obrigou a diversas acções que implicaram custos não previstos, tais como a aquisição de programas para um computador (55€); a aquisição de uma impressora multiuso (49€); a aquisição de material arquivístico (400€); a edificação de novas prateleiras para a Biblioteca e para o Arquivo, tendo-se reforçado também todas as já existentes (500€).

 

RELATÓRIO DE CONTAS DE 2017

Em virtude da diminuição dos resultados orçamentados, face aos realmente alcançados, a Fundação desenvolveu durante o ano um plano de contensão de despesas de forma a cumprir o orçamento para 2017.

Desta forma, em 2017, a Fundação obteve receitas no valor de 6.510,55€, resultantes de duas fontes específicas: Donativos de 33 AMIGOS DA FUNDAÇÃO (5.220,00); Proveitos da livraria (1.290,55€).

Em contrapartida, efectuou, no mesmo espaço de tempo, despesas no valor total de 4.334,25€.

 

Proveitos orçamentados 7.200€ - Proveitos alcançados: 6.510€

Despesas orçamentadas: 5.110€ - Despesas alcançadas: 4.334€

Resultado alcançado: +2.176€